Portugal

José Carlos Santiago

Curador e Facilitador

www.jcsantiago.info
www.jcsantiago.net
www.jcsantiago.com

Abordagens para a sua Saúde e Bem Estar

Obesidade

e

Emagrecimento

A obesidade afecta cada vez mais os portugueses e cada um de nós.

Para combater a obesidade surgem todos os dias soluções milagrosas nas quais se acaba por gastar muito dinheiro para se chegar ao fim com poucos ou nenhuns resultados.

Mais, muitas das vezes passados poucos meses reparamos que temos mais 2 a 5 quilos do que tínhamos antes de termos seguido a tal solução milagrosa.

Resumindo, se de facto fosse uma boa solução já muita gente a teria seguido e a obesidade estaria em extinção e não em crescimento.

Se as coisas não funcionam é porque existe algo que não está bem quer com a pessoa quer com aquilo que é suposto tratar da obesidade. Houve algo que falhou ou há algo que está a falhar.

Hoje em dia costuma optar-se pela lipo-aspiração, lipo-escultura, aneis no estômago, corte do estômago e muitas outras soluções que aparentemente vão resolver o problema.

A obesidade pode ficar resolvido mas as causas, essas continuam em discussão e sem um consenso generalizado.

A pergunta que nunca ninguém faz e parece não se preocupar em fazer é; Porquê o corpo fica obeso?

Se o soubessem, aí sim, poder-se-ia trabalhar e encontrar uma solução.

A principal razão das soluções milagrosas (pílulas, chás, cremes, dietas, ginásio, etc.) não funcionarem ou a razão de passado algum tempo a pessoa voltar ao peso que tinha antes (e ainda acabar com mais algum) deve-se a não se resolver as causas que levam o corpo a ficar com obesidade e com excesso de peso.

Uma vez que não existe uma solução milagrosa, isso significa que ainda não se sabe qual a verdadeira razão pela qual o corpo fica obeso.

Tanto quanto posso saber pela experiência que tenho, existem muitos factores que levam o corpo a ficar obeso.

O problema é conseguir determinar qual ou quais os factores que levam o corpo a ficar obeso.

Algumas situações que levam o corpo a ficar obeso são:

  • Dietas, ou melhor más dietas. Cerca de 70 a 80 % das dietas que por aí circulam, são más dietas. Ou seja, são mais prejudiciais do que benéficas. Os resultados costumam ser 2 a 5 quilos a mais, ao fim de 6 meses a 1 ano; Depressões; Maior susceptibilidade e variações de humor; Problemas hormonais ou orgânicos passados alguns anos e outras situações. Não pense que só porque agora se sente bem, você se vai sentir assim para o resto da vida. Os erros pagam-se, e pagam-se caro. Não agora, mas normalmente anos mais tarde quando já nos esquecemos destas coisas.

  • Má alimentação ou melhor uma alimentação errada. Come-se o que não se deve e não se come o que se deve.

  • Exercício físico. Pois é, se bem que o exercício físico seja excelente para a saúde, ele também pode ser bastante prejudicial se mal feito ou se acompanhado por uma dieta que não fornece os ingredientes necessários ao corpo. Cada vez mais a nossa alimentação é pobre em nutrientes essenciais mas rica em pesticidas, fungicidas, herbicidas, e outros idas. Desta forma não nos estamos a alimentar mas sim a matar. (Compete a cada pessoa saber aquilo que deseja e lutar por aquilo que é melhor para si).

  • Existência de demasiadas substâncias tóxicas dentro do corpo. Se o corpo está intoxicado, ele não vai funcionar nas melhores condições e assim não pode impedir a obesidade de se instalar.

  • Existência de alterações hormonais que alteram o funcionamento do corpo e o levam à obesidade.

  • Problemas emocionais que alteram por completo todo o funcionamento orgânico. É sabido que os problemas emocionais alteram a química do cérebro e que é este que controla todo o funcionamento do corpo. Assim, de nada serve tentar emagrecer enquanto não se resolverem os problemas emocionais.

  • Mau funcionamento de alguns órgãos vitais o que impede a boa eliminação de toxinas, ou a queima das gorduras ou que alteram o metabolismo do corpo.

Estas e muitas outras situações contribuem para que a obesidade se tenha vindo a instalar na sociedade. Claro que à conta da obesidade floresce um grande negócio e circulam muitas inverdades, crenças e mitos.

Não vá em cantigas e desconfie daqueles que lhe dizem ter a solução milagrosa. Veja se eles de facto sabem daquilo que estão a falar.

Claro que eu ainda não tenho a tal solução milagrosa mas depois de ter visto muitas coisas (demasiadas coisas e "soluções"), tenho vindo a compreender cada vez mais o funcionamento do corpo e as razões pelas quais ele não funciona nas melhores condições.

Se se quer obter resultados com o corpo, há que compreender como ele funciona e aquilo que ele precisa para funcionar. Só uma abordagem integrada com várias técnicas consegue obter os melhores resultados.

No entanto não é só por se usarem várias técnicas que se obtêm resultados, mas sim por se aplicarem as técnicas e terapias mais indicadas para a pessoa e para isso é preciso conhecê-las e saber aplicá-las.

 

www.000webhost.com